sábado, abril 28, 2012

Louca por coisas!!!

Uma louca por coisas necessita sempre de espaço na sua vida para... novas coisas!

Para comprar e/ ou para vender! Visitem e usem e abusem! 

Nos tempos que correm todos os trocos extra são bem vindos e esta era uma ideia que eu tinha há algum tempo! Muitas novidades em breve! (ou não tivesse eu a casa cheia de coisas!)


https://www.facebook.com/LoucaPorCoisas

sexta-feira, abril 27, 2012

Diz que é Sexta!!

Só de pensar que o meu fim de semana terá 4 dias fico com vontade de fazer o pino e a roda!!!

E é nestas alturas que me lembro que eu era aquela aluna que tinha sempre negativa a educação física e que semanalmente dizia ao professor que estava com o período para ser dispensada da aula!

quinta-feira, abril 26, 2012

Coisas que não entendo

Eu gosto muito de saltos altos. Eu também uso saltos + ou - altos. Eu concordo que uns belos sapatos de salto alteram (para melhor) qualquer modelito. E sim, tornam as pernas mais bonitas e ti-ri-ri-ti-ti o gato das botas!
O que eu não consigo entender são aquelas mulheres que usam aqueles saltos de 7º andar, ficam marrecas por usá-los, nota-se que estão em esforço a cada passo e achamos que se vão estatelar a cada momento e ainda assim acham que ficam mais bonitas! Todos os dias penso nisto ao olhar para ela!

segunda-feira, abril 23, 2012

Estamos a preparar a sopa!

Mundo (im)perfeito

Num mundo perfeito seria impossível as crianças ficarem doentes, não seria necessário existirem hospitais com camas pequeninas e a pediatria seria uma especialidade que não teria sido inventada.

Só quem tem filhos consegue entender a fundo o que se sente ao saber que uma criança está doente, só quem tem filhos consegue colocar-se um bocadinho no lugar de outros pais e sofrer por aquela criança, com eles. Estas duas ultimas semanas senti de muito perto o sofrimento de ter um filho gravemente doente. O desespero da incógnita, a dor da impotência. Nestas semanas também eu sofri, também eu desesperei, rezei por eles pedindo a Deus que os protegesse e que todo aquele pesadelo terminasse e a cada notícia ia abraçar muito as minhas filhas, perdi o apetite, não andava com cabeça para o trabalho e só me apetecia não as largar, dormir com elas, como se isso as pudesse proteger de tudo!

E por tudo isto, sim, consigo imaginar um bocadinho aquilo porque passaram e só digo que não sei se teria a força que tiveram, não sei se não entraria em desespero imediato, não sei e muito honestamente não quero saber, só quero saber que já passou e que o X. e o R. estão bem! 

E vocês Teresa e Carla são uma força da natureza! Não é à toa que os vossos meninos são os lutadores que são! 

Creme Benamôr

A quem tem dificuldade em encontrar este creme, ontem vi à venda numa farmácia, é perguntarem nas "vossas"!

sexta-feira, abril 20, 2012

Diz que é Sexta!!


E hoje estou virada para "Anatomia de Grey"!
Em casa ou na rua, boa Sexta!

O que é bom eu gosto de partilhar!

Hoje venho falar-vos de Fotos magnéticas!
É uma amiga que faz, entre outras coisas, estas fotos giras para se colocar por exemplo no frigorífico! 

Caso estejam interessados cá ficam os dados! É uma pessoa da minha total confiança!


Fotografias magnéticas



Fotos ou desenhos personalizados com a possibilidade de colocar texto.


Formato 7cm X 8,50 cm


8 = 10€ e se forem 16 = 15 € + portes


Quer outro formato? Peça orçamento!


paz.catarina@gmail.com


quarta-feira, abril 18, 2012

O texto que escrevi que mais sucesso teve, continuando (vá-se lá saber porquê) a trazer muitos visitantes a este blog foi  “O que fazer para esquecer um grande amor”.
Recebo alguns mails a pedir ajuda e conselhos e depois há ainda os comentários com simpatias e macumbas para prender namorado!


Percebo que as pessoas precisem de conselhos e se este texto de alguma forma ajudar, óptimo! Foi escrito, na altura, apenas porque estava cansada de ver as pessoas à minha volta tristes e a remoer casos de desamores perdidos e se lerem bem até foi escrito com algum sentido de humor, não sou nem pretendo ser nenhuma conselheira sentimental e é por isso que não costumo responder aos pedidos de ajuda que me enviam, quem sou eu para dizer às pessoas o que devem ou não fazer da sua vida?


Quanto às simpatias e macumbas, também percebo que haja quem entre em desespero mas segundo li algures, só há uma maneira de prender o namorado, é colocando umas boas doses de droga na mala dele e de seguida chamar a polícia!

segunda-feira, abril 16, 2012

...

Crescemos ali lado a lado, numa rua onde poucas eram as meninas que remédio tinha eu senão brincar tantas vezes com carrinhos e bolas contigo e com os teus irmãos. Quantas vezes jogámos ao 31, quantas vezes esfolámos os joelhos a descer os montes com restos de estores partidos. Quantas vezes andávamos às turras para não admitir que nos dávamos bem e quantas vezes conversámos e rimos em noites de verão. vi-te amedrontado apenas com o aproximar do teu pai, tu viste-me triste por ter perdido o meu animal de estimação. Vi o teu desespero e o dos teus irmão com a trágica perda da tua irmã, Choraste. Chorei. Chorámos todos.

Hoje choro eu, choramos todos de novo. Puseste termo à tua vida e eu não tenho palavras para dizer como tenho pena. Sinto tanto, tanto Rui!

Espero que exista o tal paraíso em que acreditavas e que tenhas encontrado a tua paz finalmente.

domingo, abril 15, 2012

sábado, abril 14, 2012

Panquecas sem ovos e sumo de morango natural

Eu passo a vida a queixar-me que durmo pouco, todos os dias me apetecia ficar na cama mais um pouco e depois chego ao fim de semana e às 7h30 estou levantada! Até as minhas filhas dormem até às 10h e comigo é isto!


Hoje a alvorada resultou neste pequeno almoço, panquecas sem ovos e sumo de morango! Não posso ver nada e o batido de morango da Bomboca deixou-me com água na boca e a pensar que sabia bem acompanhar com panquecas mas não tinha ovos e não tinha leite suficiente (já fui às compras!!) e o resultado foi este!

Caso queiram experimentar!


Panquecas sem ovos


150 g de farinha
2 colheres de chá de fermento em pó 
1 colher de chá de açúcar baunilhado
2 colheres de sopa de açúcar
200g de leite
50g de óleo

Preparação

Misturar muito bem os ingredientes (como quem diz 15 segundos velocidade 5), aquecer uma frigideira anti aderente, colocar uma colherada de massa, assim que começar a fazer bolhinhas por cima, virar com a ajuda de uma espátula para cozer do outro lado. 
O lume não deve estar muito forte para não queimarem.

sexta-feira, abril 13, 2012

Diz que é Sexta!!


Quero um fim de semana com sol! 
Quero um fim de semana com sol! 
Quero um fim de semana com sol! 
Quero um fim de semana com sol! 
Quero um fim de semana com sol! 
Quero um fim de semana com sol!

quinta-feira, abril 12, 2012

Do tempo

Dou por mim a pensar no tempo muitas vezes. Irónico e subtil, inalcançável por vezes e incompreensível sempre!

Não me refiro ao estado atmosférico e sim ao período das coisas, ao momento em que algo sucede.

Pergunto-me muitas vezes se determinadas situações acontecem cedo ou tarde demais e acabo por ter sempre uma dupla resposta, uma dupla justificação!

Não consigo perceber o tempo, mas o tempo também não deve querer ser percebido e sim aproveitado!

Vamos a isso!

quarta-feira, abril 11, 2012

Conhecem??

Ou estão pouco divulgados, não existem muitos ou simplesmente sou eu que não sei procurar! Têm ideias para passar uma tarde com miúdos num dia de chuva? Nada de grandes programas, o que queríamos é tão simples como isto: Um café agradável onde se pudesse conversar um pouco e com um espaço onde as crianças pudessem estar entretidas! Conhecem algo assim?

segunda-feira, abril 09, 2012

E na primark

Enquanto uma senhora se dirigia à filha em tom depreciativo:


"Ai filha eu estas coisas encontro também na feira!"

Eu escolhia o vestido que vou usar num casamento! São pontos de vista!

domingo, abril 08, 2012

Por terras alentejanas!

Ontem aqui numa feira alentejana vi bancas e mais bancas de produtos contrafeitos. Fiquei admirada, pensava que já não se vendiam imitações assim à luz do dia! Mais admirada fiquei ao ver que a maior parte dos clientes que andavam ali a escolher e que efectivamente estavam a comprar, eram aquele género de pessoas que só veste de “Tommy” para cima, que usam chinos vermelhos, casacos sebosos, são aficionados da tauromaquia, passam a vida a dizer que usar imitações das marcas é o horror e dizem aos filhos “Salvador venha cá, não me canse”! 

Isto explica muita coisa, parece-me!

sexta-feira, abril 06, 2012

Diz que é Sexta!!

E assim me encontro!
Vou alternando entre brincar com elas, comer e beber, descansar muito ou simplesmente estar em cima da lareira! Que bem que se está no campo!

quinta-feira, abril 05, 2012

Boa Páscoa!

No Alentejo está um frio que não se pode!!!!

Assinado
Bicha maibelha!

Hoje apetece-me falar do meu cabelo!

Eu tenho um bom cabelo, é forte, tenho muito, mesmo quando me cai a metro! Mas depois torna-se seco, e necessita de uma hidratação constante, principalmente no verão e de um cuidado especifico no inverno porque fico com o couro cabeludo sensível, por vezes a escamar, este é um dos motivos porque não uso sempre os mesmos produtos. Os do momento são estes:

Shampoo fisiológico com Água Termal da La Roche-Posay para o meu couro cabeludo sensível, já experimentei todos os produtos que possam imaginar e nunca nenhum é 100% eficaz mas este não é mau!

Na foto está também o creme amaciador Moroccanoil que encomendei à Dona do Pechiché e que é realmente bom, na altura não comprei a máscara porque queria ter a certeza de que gostava do produto e optei por este por ser mais barato mas sem dúvida que quero experimentar a máscara e é a minha próxima compra!

Como tenho madeixas, de vez em quando uso este para reavivá-las e para que não fiquem amarelas, coisa que detesto!


Ainda vou alternando o shampoo com este também, é aquele que nuca desilude!


Como o meu cabelo é bastante ondulado e sou eu quem o alisa em casa, uso este produto antes de secar para ser mais fácil! Não é dos meus preferidos, já usei outros melhores mas agora tenho que acabá-lo!

E por fim este sérum de pontas que se não conhecem, vão ao pingo doce! É barato e é bom!

terça-feira, abril 03, 2012

Co-sleeping

Cada vez se ouve falar mais das crianças que dormem com os pais, dos benefícios que isso pode trazer e no aumento dos adeptos do Co- leeping (termo que torna a coisa mais praticável para muita gente) e eu sim senhora, acho isto tudo muito bem mas não é novidade para mim e tenho uma opinião muito tranquila em relação ao sono das minhas filhas.


Elas têm o seu quarto, as suas camas e a regra é dormirem lá, no entanto, podem dormir na cama dos pais sempre que quiserem e isto acontece algumas vezes, mais frequentemente com a mais nova porque com a outra já vai sendo raro. Nunca as obriguei a permanecer na sua cama contra a vontade delas e nunca vou obrigar!


Porque é que sigo este princípio?


Porque eu sofri muito em miúda com medo de dormir sozinha, porque os meus pais me obrigavam a ficar no quarto e nas raras vezes que adormecia, acordava a meio da noite em pânico e ia para o sofá que ficava perto do quarto deles a chorar e a rezar para que o meu pai adormecesse rapidamente para assim poder enfiar-me na cama deles! Umas vezes acabava por adormecer no sofá a tremer e a chorar, outras ficava numa pontinha da cama sem mexer um dedo para que não dessem por mim!


E é por isto que eu não quero que as minhas filhas passem, eu não quero que elas tenham medo da noite, do escuro, da solidão! Eu quero as minhas filhas felizes e tranquilas e isso é razão mais que suficiente para que permita que elas fiquem no nosso quarto as vezes que lhes apetecer!


Não foi nenhum estudo que me disse que assim era melhor, foi a minha experiência, foi a minha certeza de que não é por dormirem sozinhas desde o primeiro mês de vida que se vão tornar pessoas mais confiantes, com sorte poder-se-ão tornar pessoas mais frias o que nos dias de hoje concordo que possa ser uma vantagem mas eu prefiro que elas cresçam sem receios desnecessários, têm tempo para lidar com os verdadeiros medos e para esses eu tento prepará-las de outra forma!

segunda-feira, abril 02, 2012

Pergunto-me o que estará naquela gaveta!

Uma colega veio aqui perguntar-me se tinha umas meias de reserva porque rompeu as dela, quando lhe disse que não, ficou a olhar para mim com um ar de parva e insistiu que lhe emprestasse porque amanhã me trazia umas, voltei a dizer que não costumo ter meias de reserva na gaveta e ela virou costas com ar aborrecido e provavelmente a achar que eu sou invejosa!



É assim tão anormal não ter meias na gaveta do trabalho???????????