quinta-feira, janeiro 31, 2013

Outros tempos

Dou por mim inúmeras vezes e quase inconscientemente, a confrontar o passado e o presente. A comparar como se fazia e como se faz e a sorrir e até ficar um pouco nostálgica com alguns destes pensamentos.

Nos meus tempos de miúda (raios, pareço uma idosa a falar) quando nos apaixonávamos, a segunda coisa a fazer (a primeira era conseguir o horário) era mover o céu e a terra até vir parar às nossas mãos uma foto tipo passe, dele!

Assim que esta missão estava cumprida era ver-nos à noite, fins-de-semana e especialmente durante as férias, a olhar derretidos enquanto ouvíamos uma balada bem lamechas e matávamos saudades. A saudade era algo muito sentido e que voltando ao presente se percebe que começa a ser banal, hoje em dia ninguém se dá tempo de fazer alguém sentir saudade!

Se a pessoa por quem nos apaixonávamos não fosse da mesma escola, fazíamos questão de o descrever pormenorizadamente ao nosso grupo restrito de amigos e era uma alegria imensa estar ali horas a falar dele! O ponto alto era quando conseguíamos a tal foto tipo passe e a exibíamos com uma mistura de orgulho e nervoso miudinho!

***

Hoje as pessoas apaixonam-se.

Adicionam-se no facebook.

Percebem logo se tem alguém ou não.

Têm mil e quinhentas fotos disponíveis e prontas a ser partilhadas com o mundo.

Sabem onde o outro esteve a cada minuto.

Quando querem mostrar quem é aos amigos, enviam o link.

End of story.

terça-feira, janeiro 22, 2013

Será?

Muitos se orgulham de conseguir perceber a essência de uma pessoa assim que a conhecem. Certamente já ouviram alguém dizer:

“eu tiro logo a pinta”

“assim que conheci soube que não prestava”

“fui logo com a cara, tinha a certeza de que era boa pessoa”

Já eu posso dizer que em 90% dos casos me engano!

Olhando para a minha vida posso afirmar que a maior parte dos meus amigos são pessoas de quem não gostei à partida e os que jurava a pés juntos que seriam boas pessoas, não o foram, pelo menos para mim!

E se por um lado é bom porque aprendi a dar tempo àquela pessoa que não me inspirou confiança num primeiro contacto, por outro começou a fazer-me ganhar defesas automáticas e mesmo sem querer, dou por mim a olhar para quem até me passou uma primeira imagem positiva e pensar:

Será mesmo?

domingo, janeiro 20, 2013

quarta-feira, janeiro 16, 2013

Carta de um carro à sua dona

Querida dona,

Tenho a certeza que esta carta te encontrará de mau-humor e por esse motivo, maior é a minha vontade de a escrever!

Não acho que deva explicar-te o que quer que seja, no entanto tudo aquilo que possa fazer para te chatear é uma grande motivação para mim!

O motivo que me leva aos internamentos constantes na oficina são pessoais, posso mo entanto adiantar-te que se o faço é porque sei que tu acabas por te desenrascar sempre! Tu nem tens despesas extras, nem o coelhinho te vai roubar ainda mais a partir de dia 22, nem sequer o seguro de saúde terá um aumento brutal este ano e o que importa se o meu ultimo internamento custou 1200 euritos? Eu tinha que te fazer gastar hoje mais 100 na minha bateria nova! E tens de concordar, eu ter morrido assim numa tarde de chuva depois de teres ido buscar as miúdas foi de génio!  

Tens que aceitar que eu não posso permitir que corra tudo sobre rodas! (sobre rodas, percebeste? foi boa esta!)

Eu bem te ouvi um dia destes sonhar com um fim de semana nas férias só para descansarem um pouco! Sabes bem que isso eu não posso permitir nunca! Na verdade o meu sonho era ter uma dona que sonhasse com carteiras Chanel para eu poder destruir um sonho verdadeiramente chique, mas tinha de me calhar uma pobre! Odeio pobre!

De qualquer forma deixa que te diga em minha defesa que eu não sou o único culpado desta maldição, um tal de Murphy tem a sua quota parte de culpa por causa de umas leis que inventou!

Fica bem (por enquanto)

Teu sempre fiel (ah, ah, ah) carro,



terça-feira, janeiro 15, 2013

E se uma manhã destas o pequeno almoço lhe batesse à porta?


Querem espreitar ali ao lado?

(In Facebook)

A Trigo de Mel quer comemorar connosco a chegada aos 1000 fãs e vai por isso oferecer um miminho muito especial a um dos meus seguidores lindos!

O prémio a sortear será uma cesta de pequeno almoço para dois! Podem ir ao site da Trigo ver e babar, é o pack 3 e eu estou aqui cheia de inveja porque queria o prémio para mim!

O que têm de fazer:

Deixar comentário aqui a dizer que querem! (O aqui refere-se ao post no fb)

Serem seguidores da página fb do Ansiedades!

Serem seguidores da página fb da Trigo de Mel!

E fazerem uma partilha pública desta publicação!

* Passatempo válido para Portugal Continental. Vencedor será apurado pela Trigo de Mel através do random!

Termina de repente, sem aviso, por isso corram!!

Boa sorte!

segunda-feira, janeiro 14, 2013

Querer muito

Naquele dia cheguei mais desanimada do que nunca.

No pouco tempo que dura o percurso a pé pensei em mil e uma coisas. Em silêncio dei por mim a pedir uma oportunidade aos céus, um sinal, qualquer coisa que me ajudasse a ter força para mudar. Não, na verdade não pedi qualquer coisa porque isso é o que não falta, pedi uma qualquer coisa que fosse eu!
Pedi, sonhei, com uma oportunidade de poder estar com toda a minha alma, com toda a minha dedicação, com tudo aquilo que posso e sei dar e que tenho preso em mim!

Pedi em desespero, que me deixassem fazer mais e muito melhor!

Minutos depois cheguei , liguei o computador e o sinal estava lá! Interiorizei que não podia ser coincidência, as pessoas a quem falei nisto acharam (ou talvez eu quisesse achar que acharam) o mesmo!

Era A oportunidade e eu não pensei duas vezes!

O desencadear desta eventual mudança foi fazendo com que cada vez mais eu tivesse a certeza de que era aquilo, de que tudo o que até aqui tinha corrido mal fazia sentido porque se tinha destinado a fazer-me chegar ali!

Não sou aquela pessoa positiva, nunca fui, sempre tive a prova de que gabar acaba por estragar e apesar de o mundo achar que é meio caminho andado para o sucesso, a experiência diz-me que o melhor é não ter grandes expectativas porque no final, se pouco vier será bom e se nada chegar, ao menos não caímos na tristeza, porém desta vez arrisquei pensar muito lá em cima e a determinada altura eu tinha a certeza absoluta que tinha conseguido!

Que era eu!

Que tudo estava encaminhado, que não podia ser de outra forma!

No final tudo isto se resume a uma grande desilusão e à certeza de que até me posso atirar para fora de pé, mas não posso esquecer-me de que não sei nadar!
O pensamento positivo no meu caso só cria ilusão e esta todos sabem que termina, regra geral, em desilusão!

Talvez seja desta que me inscrevo na natação porque se há coisa que aprendi com isto foi que tenho de continuar a querer!

sexta-feira, janeiro 11, 2013

A pensar no Carnaval

Eu gosto do Carnaval!

Eu nasci numa Terça feira de Carnaval, eu moro no meio do Carnaval, conheço montes de palhaços, não poderia não gostar! Agora com as miúdas então, é muito mais giro e por isso já andamos a pensar nos fatos!

Olhem só como são fantásticos estes! Adoro o de algodão doce, acho que não será muito difícil de fazer! 

Inspirem-se aqui!










Diz que é Sexta!

Bom fim de semana!


"Como fica forte uma pessoa quando está segura de ser amada!"

Freud

segunda-feira, janeiro 07, 2013

Fazer diferente!

Não sou pessoa de fazer resoluções de ano novo, nunca fui, sou mais o tipo de pessoa que decide no momento aquilo que vai fazer a seguir. Este ano porém, quero fazer diferente e por isso tenho um único objectivo que vou aplicar a todas as áreas da minha vida. É exactamente, fazer diferente!

Se em 2012 fui para a direita, em 2013 irei para a esquerda!

E nada melhor para marcar a mudança do que um corte de cabelo radical!

Daqui para a frente é sempre a mudar!


sexta-feira, janeiro 04, 2013

Diz que é sexta!

Digam lá que não tinham saudades de um belo outfit?

Bichinha feliz da vida depois da Mãe ir aos saldos, Mãe definitivamente conformada, nunca mais na vida conseguirá comprar alguma coisa para si, só há "lugar" para elas!

Bom fim de semana!



Peplum e leggings - Zara

(sim, a minha bichinha é super fashionista e tem um peplum! :))

quinta-feira, janeiro 03, 2013

Ansiedades da vida

Às vezes não entendemos, não acreditamos, não percebemos, mas temos a certeza que não merecemos.

Sofremos porque somos mal interpretados e chega um momento em que já não sabemos que mais fazer porque nada vai resultar.

Sentimo-nos humilhados, tristes, oprimidos e sem saber que passo dar a seguir.

Há sempre alguém que é injusto e nos magoa uma e outra vez e perguntamo-nos vezes sem conta o que será preciso para que aceitemos que magoar uma ou duas vezes sem intenção até pode acontecer, mas magoar a cada minuto já tem de ser propositado e alguma coisa está muito errada.

Até onde temos de ir para admitir aquilo que no fundo é tão claro e apenas não queremos ver?

A desilusão não é felizmente uma constante na vida das pessoas, mas já foi uma presença na vida de todos em determinada altura e eu acredito que o primeiro passo para mudar de alguma forma, é mesmo o querer mudar e nem sempre quem sofre está preparado para isso!

A verdade é que a vida se encarrega de nos ensinar que a maior parte das coisas que nos preocupam, que nos tiram o sono, que nos fazem chorar e pelas quais já chegámos a pedir um sinal, só as vamos entender no momento em que isso já não nos importar!

Eu já tive de ir longe para perceber que não estava perto, já tive crises disto e daquilo e já chorei baba e ranho por coisinhas que hoje acho ridículas, mas isso só me fez crescer e dar valor àquilo que deveria ter sido sempre o mais importante e acho que posso pelo menos dizer a algumas pessoas que neste momento precisam de uma palavra, que tenham calma, que pensem bem naquilo que verdadeiramente querem para a sua vida, olhem à sua volta e honestamente percebam quem é que deve ter o privilégio de fazer parte dela, porque não há nada mais maravilhoso do que a nossa vida e se queremos que ela brilhe, temos de nos fazer rodear de estrelas!

quarta-feira, janeiro 02, 2013

Obrigada!

Nada como começar o ano a agradecer, até porque já o devia ter feito!

Obrigada Mary pelo mimo das trocas da Anita e obrigada Anita pela iniciativa e pelo postal lindo de Natal que me enviaste!




O frasquinho tem estrelinhas da sorte em origami! O que eu gostei disto!
Os chocolates... bem, já eram!



Obrigada Pó de Arroz pela capa de livro linda que me calhou na Árvore de Natal da Blogoesfera e obrigada às meninas da organização deste mega evento blogoesférico que deixou toda a gente mais feliz!!

E assim de repente...

... cá estamos nós num novo ano que não se adivinha fácil mas que nos dá 365 oportunidades de fazer sempre melhor!



Feliz 2013!