quinta-feira, abril 04, 2013

Das pessoas

Numa sala com 6 pessoas, alguém convida alguém para beber café e uma das restantes 4 pessoas (que gosta muito de se armar em internacional mas que derrapa até na língua portuguesa), diz:

- Ai é assim? Só a convidas a ela? Deixa estar, “next problema”…

Começa toda a gente a rir e a pessoa que fez o convite começa numa de se meter com a “internacional”:

- Como disse? Next problema? Que é isso?

E ela faz aquilo que faz sempre, age como se quisesse ter dito aquilo mesmo!

- Foi isso mesmo que tu ouviste, não me digas que não percebeste!

Outro diz:

- Ela queria dizer “No problem”!

E ela:

- Não não, eu queria dizer mesmo o que disse! (aqui já nem ela sabe o que disse)

***
Este é só um exemplo daquilo que acontece diariamente e eu confesso, tenho muita dificuldade em lidar com pessoas não conseguem admitir um erro e se mostram constantemente inseguras, achando que isso vai colocar em questão o seu profissionalismo!

Há que vender uma imagem, mas por favor, que não seja ridícula!

Sejamos honestos, todos conseguimos entender que depois de algum tempo a tentar vender aquilo que não somos, já se começa a perceber que o que temos na banca é paloco e não bacalhau!









7 comentários:

  1. adorei a parte final de honestidade... paloco e não bacalhau... ahahahaha

    ResponderEliminar
  2. hehehehe existem pessoas que não se tocam e acabam por fazer o papel de ridículas...todos nós erramos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Há gente com mais manias que rugas.... irra!!!!

    ResponderEliminar
  4. Convido-te a visitares:

    http://aportuguesinha2013.blogspot.pt/



    https://www.facebook.com/#!/aportuguesinha2013

    Menina Pétalas

    ResponderEliminar
  5. Trabalhei com um indivíduo que acabava os argumentos sempre com "Eu já trabalhei no Ensino Superior, por isso não me digam que não sei do que falo..." ... Depois era como essa pessoa, cada cavadela, uma minhoca. Haja paciência.

    ResponderEliminar